Histórico

CENSA MANTENEDORA

O CENSA como parte integrante do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, ou Salesianas de Dom Bosco, constitui uma “rede mundial de Educação e solidariedade” inserida em múltiplos contextos culturais de 1.645 comunidades, em 95 países, dos cinco continentes. É, por natureza, vocacionado a uma “missão educativa” comprometida com os princípios do Sistema Educativo de Giovani Bosco e sua co-fundadora Maria Mazzarelo.

Fundado em 18 de fevereiro de 1925, tem sua sede em Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil e está organizado como um sistema aberto, orgânico e dinâmico que busca intercambiar valores com seu contexto social.

O CENSA mantém:

. CENTRO EDUCACIONAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA

Engloba a Escola Infantil (do pré-maternal ao 3º Período, turnos da manhã, tarde e horários complementares), Ensino Fundamental (1º ao 9º ano), Ensino Médio (1º ao 3º ano), Curso Normal Médio (para formação de professores do 1º segmento do Ensino Fundamental) e Cursos Técnicos (Mecânica e Edificações).

. INSTITUTOS SUPERIORES DE ENSINO DO CENSA

Oferece as graduações de Administração, Arquitetura e Urbanismo, Educação Física, Enfermagem, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Fisioterapia, Pedagogia e Psicologia e, ainda, diversos cursos de Especialização, Qualificação, Extensão e Pós-graduação. Saiba mais: www.isecensa.edu.br

. CENSANET

Provedor de acesso à Internet e serviços de comunicação e informática. Saiba mais: www.censanet.com.br

 

CENSA

CENTRO EDUCACIONAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA

Em 18 de fevereiro de 1925, diante do anseio da sociedade local e atendendo ao pedido do Monsenhor Henrique Mourão, administrador Apostólico da Diocese de Campos, chegam nesta cidade sete Irmãs Salesianas, Filhas de Maria Auxiliadora, com o objetivo de fundar um colégio para meninas e moças. Para tal, foi adquirida uma chácara de 24.000m2, no centro da cidade.

Concluídas as obras de adaptação para o funcionamento de uma escola, no dia 2 de março de 1925 foi inaugurado o Colégio Nossa Senhora Auxiliadora que, além do curso primário em regime de internato e externato, compreendia, também, aulas particulares de piano, pintura, bordado e confecção de flores.

Em 13 de maio de 1934, foi concedida autorização para funcionamento do curso ginasial e, consequentemente, o de inspecção permanente (reconhecimento) ao Colégio, que passou a se chamar Ginásio Nossa Senhora Auxiliadora.

Primeiro colégio do Brasil a instaurar o curso noturno gratuito (1937), o empreendimento já iniciou o ano com 132 alunos e francos elogios do Sr. Lourenço Filho, então Diretor Geral do Depto. Nacional de Educação.

Em 1940, o Colégio tem seu Curso Normal equiparado à Escola de Professores do Instituto de Educação do Rio de Janeiro e, em 10 de fevereiro de 1971, a Escola primária e a pré-primária são anexadas ao Ginásio e Escola Normal N. S. Auxiliadora. Em 1972, é autorizada a mudança de seu nome para Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora, estabelecimento de ensino pré-escolar e de 1º e 2º graus.

Hoje, o Centro Educacional Nossa Senhora Auxiliadora é uma instituição educacional que engloba a educação infantil, a partir do pré-maternal, os ensinos fundamental e médio, o curso normal médio, direcionado à formação de professores e, ainda, cursos técnicos de Mecânica e Edificações.

Comemorando seus 90 anos de fundação, o “Auxiliadora” mantém uma proposta pedagógica fiel à sua identidade carismática e continua a escrever sua história num espaço democrático onde todos têm voz e vez, são respeitadas as diferenças, valorizado o entendimento, construída a paz e vivenciada a solidariedade e o respeito à pessoa humana. Aqui, compreende-se a aprendizagem como um processo de desenvolvimento do ser e do saber concomitantemente, inseridos no contexto, respeitando-se o pluralismo em suas expressões de gênero, raça, religião e ideologia. Estimula-se o protagonismo do jovem e da criança empenhando-se em formar cidadãos capazes de intervir consciente e criticamente na sociedade em que vivem. Garante-se a qualidade do ensino e da educação em todos os níveis, trabalhando os conteúdos contextualizados e interdisciplinarmente. Para isso são oferecidas atividades complementares como esporte, teatro, música, dança, coral, festivais, exposições, gincanas, fóruns de discussão, excursões, voluntariado e grupos juvenis que favorecem a aprendizagem como experiência de vida.

Em clima de família, que é a característica Salesiana, religiosas, funcionários, professores e direção são mediadores do conhecimento, pesquisadores atentos às linguagens da ciência e da tecnologia e aos valores essenciais da cultura humana, cientes de que nossos destinatários são os protagonistas de sua própria formação.

Qualidade-competência, tradição-modernidade e humanização ressignificam o espaço escolar do CENSA, transformando-o em um espaço vivo, aberto às interações, aos múltiplos desafios e dimensões do real. 

Diretoras do CENSA de 1925 até os dias atuais

1925 – 1928 – Irmã Henriqueta Leme
1929 – 1930 – Irmã Maria Marcigaglia
1931 – 1936 – Irmã Clara Moreira
1937 – 1942 – Irmã Verônica Farronato
1943 – 1948 – Irmã Benedicta Braga
1949 – 1954 – Irmã Teresa Maritano
1955 – 1960 – Irmã Irene Lanna
1961 – 1963 – Irmã Conceição Fernandes de Araújo
1964 –1965 – Irmã Teresa Maritano
1966 – 1968 – Irmã Giuliana Acerbis
1969 – 1971 – Irmã Suraya Benjamim Chaloub
1972 – Irmã Léa Maria Ramos
1973 – 1980 – Irmã Suraya Benjamim Chaloub
1981 – 1982 – Irmã Léa Maria Ramos
1983 – 1986 – Irmã Maria Carmem Castanheira Avelar
1987 – 1988 – Irmã Rosa Idália Pesca
1989 – até os dias atuais – Irmã Suraya Benjamim Chaloub

1950
1º Colégio - Chácara dos Ribeiro de Castro - 1925
1950 - Sala de Estudo Geral - Internato.
1970 - Pátio.
1972
1940
1958
1980
1970
1957
1939
1925 - Primeiras alunas.
2005
le1958 - Inauguração oficial da atual Capela.
1940
1967
1970
Fundação: 18 de fevereiro de 1925.
1967 - Jovens vocacionadas, com Ir. Giuliana Acerbis (diretora).
1942
1950 - Um dos dormitórios - Internato.
1929
1941 - Capela.
1967 - Escola Doméstica, com Ir. Giuliana Acerbis (diretora).
1950 - Biblioteca.
1950 - Secretaria.
1995
1929 - Palco para festas.
1967
1926 - 1º aniversário da chegada das Irmãs. Ampliação do prédio dormitório.
1967 - Escola Noturna.
1929 - Nova ampliação do prédio.
1945
1952 - Pedra fundamental da atual Capela.
1949
1956
As catequistas da Capela de N. S. Perpétuo Socorro oferecem o local para as aulas de catecismo
1928
1970 - Auditório.
1927
1936-1944 - Nova ampliação do prédio.
1950 - Sala de Ciências.
1967
1995
1970 - Capela
1950 - Sala de aula.
1995
23 de abril de 1926 - Bênção da 1ª Capela
1º Prédio do Colégio. Início: 7 Irmãs, Curso Primário e Aulas particulares de piano, pintura e bordado.